Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

De que é feita uma comunidade engajada?

De que é feita uma comunidade engajada?
Lia Penteado
abr. 27 - 2 min de leitura
8 Curtidas
4 Comentários
0

 

Quando uma pessoa decide se unir a uma comunidade, ela toma essa decisão porque vê aquele grupo como representante de seus valores, das causas em que acredita, tem paixões em comum. Ela quer se sentir aceita, quer integrar aquela tribo. Ter uma causa forte em comum é a razão da paixão e engajamento de tantas comunidades, certamente algumas marcas vieram à sua cabeça.

Também podemos chamar essa causa comum de Propósito Transformador Massivo: é ele que norteia a cultura de uma empresa e direciona estratégias e decisões. Uma comunidade também precisa ter esse PTM bem definido.

  • Ele deve ser inspirador, para que mais pessoas se sintam fascinadas e decidam abraçar a causa.
  • Ele deve ser autêntico: as palavras proferidas pela comunidade devem corresponder às ações executadas.
  • Por mais ambicioso que seja o PTM da comunidade, ele não deve desfocar em acolher e atender os membros em suas necessidades (isso é primordial).
  • E deve ter uma comunicação muito objetiva e clara em todos os pontos de contato com a comunidade, para não gerar dúvidas e a mensagem ser rapidamente entendida.

Nesse último quesito, ter uma identidade visual consistente e facilmente reconhecível é importante. Definir o tom de voz da comunidade (como é a linguagem adotada nos pontos de contato), ter seus “gritos de guerra” que unem o grupo e o estimulam a partir para a ação.

Deu pra notar que, além de comunidade, abordei também assuntos de branding, marketing e negócios. Eu sou a Lia, sou designer, community manager, criadora e curadora de conteúdos, facilitadora de experiências educativas e mentora de pequenos negócios. Esses são os temas que amo falar sobre e vou trazer aqui para a TRIBOS!

Aguardo seus comentários :)


Denunciar publicação
8 Curtidas
4 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você